ANNA APOLINÁRIO (Paraíba, 1986) é poeta, licenciada em Pedagogia pela Universidade Federal da Paraíba, especialista em Língua, Linguagem e Literatura e Gestão Educacional e Criatividade pelo Cintep. Produtora cultural e organizadora do Sarau Selváticas. É produtora cultural, idealizadora e organizadora do Sarau Selváticas (Autoria Feminina), colaboradora do corpo editoral da Revista Acrobata ( Literatura e Artes Visuais). Estreou em 2010, com Solfejo de Eros (Câmara Brasileira de Jovens Escritores), em seguida vieram Mistrais (Prêmio Literário Augusto dos Anjos, Edições Funesc, 2014), Zarabatana (Editora Patuá, 2016) e Magmáticas Medusas (Editora Cintra/ARC Edições, 2018). Participou da antologia Um girassol nos teus cabelos: poemas para Marielle Franco (Quintal Edições/Mulherio das Letras, 2018), da série As Mulheres Poetas na Literatura Brasileira Volume 3 organizada por Rubens Jardim, está presente na terceira antologia das Senhoras Obscenas ( Editora Patuá, 2019) e na coletânea Sob a pele da língua: breviário poético brasileiro ( ARC/ Cintra Edições, 2019). Autora integrante do poema surrealista coletivo Las Máscaras del Aire publicado em quatro línguas (espanhol, português, inglês e francês).Seu mais novo livro  A chave selvagem do sonho  (Editora Triluna) foi publicado em setembro de 2020.

 

Compre as obras de Anna Apolinário